Tendências: Decote ombro-a-ombro

Por lavitano

Postado em , , ,

Hoje voltamos a apresentar algumas tendências para noivas! O foco hoje são os vestidos com decote de ombro-a-ombro! Você com certeza já conhece! Muito usados na década de 70, no auge da onda hippie, o decote de ombro-a-ombro é a mistura perfeita entre delicadeza e sensualidade, e está voltando com toda a força para os holofotes!

O decote reforça bastante os estilos boêmio, hippie e cigano, mas se engana quem acha que somente se encaixa nesse vestido quem tem esses tipos de gosto! O ombro-a-ombro pode ser encontrado até em vestidos clássicos, tipo princesa e vintage. Um vestido com decote ombro-a-ombro combina com todas as possíveis cerimônias! Seja durante o dia, à noite, em um local aberto ou dentro de uma igreja super bem decorada: O vestido acha o seu lugar perfeito em qualquer lugar!

Os acessórios também são bem vindos: Cabelos soltos ou presos, brincos grandes ou pequenos, véu e grinalda… Quase tudo é bem vindo! Como qualquer roupa, o decote ombro-a-ombro traz algumas restrições. Esse tipo de decote pode não ter o efeito desejado em mulheres que tenham o corpo do tipo triângulo invertido, ou seja, que possuam o ombro maior do que a cintura. Isso acontece devido ao fato que o decote destaca a área dos ombros. O uso de colares também não é indicado, exceto no caso do decote ser mais em puxado para o decote em V, no qual um discreto colar é bem-vindo.

O decote que costumava incomodar na hora de movimentar, com o auxílio do tecido tule deixa de lado essa característica. Devido à maior sustentação do vestido, a noiva pode se dançar, levantar os braços e fazer qualquer tipo de movimento sem ter que se preocupar com o vestido.

Modelos com esse tipo de decote você encontra em grifes como La Sposa, Jesus Peiró e Rosa Clará! Confira abaixo alguns dos modelos disponíveis aqui na La Vita!

Se apaixonou por essa tendência? Marque seu horário e adquira já o seu!

8071c

8071b

8071

8055c

8055b

8055

PIA-B

PIA-C

PRATIMA-B

PRATIMA-C

Compartilhe

Sobre olavitano

Sem comentários.

Deixe uma resposta

Comentário


btt